Follow by Email

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Obrigado Pedro Rocha, o que faremos sem ti?

Obrigado Pedro Rocha, obrigado, obrigado, mil vezes obrigado!
Obrigado pelos 126 jogos.
Obrigado pelos 32 gols (aqueles dois no Mineirão nunca esqueceremos).
Obrigado pelas 19 assistências.
Obrigado pelo título da Copa do Brasil.
Obrigado pela família que tens (seu Jessé anotará vários gols em seu caderninho).
Obrigado pela recomposição, pela marcação pela função tática que fazia.
Obrigado por ter que te "defender" e a partir disso estudar mais de tática e números e assim mostrar o quanto tu foi importante para nós!

 Foto que levarei para a vida. Como diz a camisa "Tudo Tranquilo"

Seu Jessé, a base familiar que sustenta Pedro Rocha, um exemplo de cidadão e de pai!

Mas e agora, sem Pedro Rocha, o que faremos? Temos algumas opções, na verdade várias, que vou comentar pontos positivos e negativos de cada opção:

ARROYO
Pouco vimos do equatoriano, mas segundo informações do Pedro Lampert (@PedroLampert) que é o maior conhecedor do futebol mexicano que conheço e do Matheus (@matheusM633) ele é o que mais se aproxima do Pedro Rocha.
Pontos positivos: pode recompor, como se movimentar pelo meio, chegando na frente com chute potente. 
Pontos negativos: não entra tanto na área e não vai para linha de fundo. 

Suposto posicionamento médio e atuação de Arroyo. 
Mais centralizado sem entrar na área.

BETO DA SILVA
Outro que poucos vimos, mas através da informação do Kaleb Schuck (@kaleb_schuck) ele pode fazer essa função. Cita o Kaleb o jogo das eliminatórias de Peru 2 x 2 Argentina, onde ele entrou muito bem, mas não tive a oportunidade de ver.
Pontos positivos: entrada na área e atuar em mais de uma posição do ataque.
Pontos negativos: falta de ritmo de jogo muito devido ao problema com lesões.

Suposto posicionamento médio e atuação de Arroyo. 
Recomposição central e opção de entrar na área.

EVERTON
O grande concorrente de Pedro Rocha quando os dois surgiram. 
Pontos positivos: velocidade, entrosamento, finalização de pequena e média distância (quem não lembra do importante gol contra o Palmeiras nas quarta de final da Copa do Brasil de 2017).
Pontos negativos: recomposição. Foi o fator de Pedro Rocha ganhar a posição. Falta imposição física na marcação.
Suposto posicionamento médio e atuação de Everton. 
Velocidade e verticalidade.


FERNANDINHO
O substituto natural neste ano.
Pontos positivos: Faz bem a recomposição, tem o entrosamento, é da função, pode centralizar as jogadas e ir até a linha de fundo.
Pontos negativos: a perna direita. Fernandinho demonstrou muito mais capacidade e efetividade quando entra pelo lado direito. Isso porque tem a opção de centralizar a jogada e chutar de perna esquerda. Quando vai para a esquerda, invariavelmente busca a linha de fundo (que até pode ser um ponto positivo quando Barrios jogar).

Suposto posicionamento médio e atuação de Fernandinho. 
Recomposição e profundidade.

MAICON
A maior alteração tática. Aqui cito a conversa que tive com o Cristiano Costa (@cristianomcosta). Obviamente que Maicon não entraria na posição do Pedro Rocha. O mais sensato seria a entrada de Maicon na posição de Arthur, como meia central, em linha com Michel, e Arthur em linha com Ramiro, fazendo a posição do Pedro Rocha.
Pontos positivos: experiência, qualidade no passe, time mais sólido defensivamente, com maior volume no meio campo. Luan teria mais espaço para movimentação jogando próximo de Barrios.
Pontos negativos: velocidade, abertura de jogo (amplitude), movimentação e abertura de espaços ofensivamente.
Suposto posicionamento médio e atuação de Arthur.
Maior controle de bola e volume no meio campo.

Há ainda outra opção que é a entrada de Douglas, mas vejo muito difícil seu retorno esse ano. Talvez em alguns jogos para segurar a bola e controlar o jogo. Outra opção seria Leo Moura entrando no meio, e Ramiro indo para esquerda, mas agora já é muita invenção minha...

Vamos ver o que Renato consegue fazer, até agora sempre conseguiu fazer essas mudanças, espero que continue acertando e nos leve ao TRI DA AMÉRICA!

E mais uma vez, obrigado Pedro Rocha!

Se gostou, me segue no Twitter @mwgremio


Nenhum comentário:

Postar um comentário